Seguidores

sexta-feira, 23 de abril de 2010

Papo de avó para neta.




















Da minha precoce nostalgia
Por Maria Sanz Martins

Quando eu for bem velhinha, espero receber a graça de, num diade domingo, me sentar na poltrona da biblioteca e, bebendo um cálice de vinhodo Porto, dizer a minha neta: - Querida, venha cá. Feche a porta com cuidado e sente-se aquiao meu lado. Tenho umas coisas pra te contar.
E assim, dizer apontando o indicador para o alto:
- O nome disso não é conselho, isso se chama colaboração!
Eu vivi, ensinei, aprendi, caí, levantei e cheguei a algumas conclusões. E agora, do alto dos meus 82 anos, com os ossosfrágeis a pele mole e os cabelos brancos, minha alma é o que me resta saudávele forte.
Por isso, vou colocar mais ou menos assim:
É preciso coragem para ser feliz. Seja valente.
Siga sempre seu coração. Para onde ele for, seu sangue, suasveias e seus olhos também irão. E satisfaça seus desejos.
Esse é seu direito e obrigação.
Entenda que o tempo é um paciente professor que irá te fazercrescer, mas escolha entre ser uma grande menina ou uma menina grande, vaidepender só de você.
Tenha poucos e bons amigos. Tenha filhos. Tenha um jardim.
Aproveite sua casa, mas vá a Fernando de Noronha, a Barcelona ea Austrália.
Cuide bem dos seus dentes.
Experimente, mude, corte os cabelos. Ame. Ame pra valer, mesmoque ele seja o carteiro. Não corra o risco de envelhecer dizendo "ah, se eu tivessefeito..."
Tenha uma vida rica de vida.
Vai que o carteiro ganha na loteria - tudo é possível, e ofuturo é imprevisível.
Viva romances de cinema, contos de fada e casos de novela.
Faça sexo, mas não sinta vergonha de preferir fazer amor.
E tome conta sempre da sua reputação, ela é um bem inestimávelporque sim, as pessoas comentam, reparam, e se você der chance elas inventamtambém detalhes desnecessários.
Se for se casar, faça por amor. Não faça por segurança, carinhoou status.
A sabedoria convencional recomenda que você se case com alguémparecido com você, mas isso pode ser um saco!
Prefira a recomendação da natureza, que com a justificativa de aperfeiçoar os genes na reprodução, sugere que você procurealguém diferente de você. Mas para ter sucesso nessa questão, acredite noolfato e desconfie da visão. É o seu nariz quem diz a verdade quando o assuntoé paixão.
Faça do fogão, do pente, da caneta, do papel e do armário, seus instrumentos de criação. Leia.
Pinte, desenhe, escreva. E por favor, dance, dance, dance até ofim, se não por você, o faça por mim.
Compreenda seus pais. Eles te amam para além da sua imaginação,sempre fizeram o melhor que puderam, e sempre farão.
Cultive os amigos. Eles são a natureza ao nosso favor e uma dasformas mais raras de amor.
Não cultive as mágoas - porque se tem uma coisa que eu aprendinessa vida é que um único pontinho preto num oceano branco deixa tudo cinza.
Era só isso minha querida.


Agora é a sua vez.

Por favor, encha mais uma vez minha taça e me conte:


-como vai você?

5 comentários:

Larissa L. disse...

Oi Daniele!
Vim retribuir a visitinha e olhei seu banheiro, que reforma vc quer fazer nele?? Podemos dar pitacos??

Bj

Ana Maria ( Jeito de Casa ) disse...

oi Daniele

desculpe não ler tua postagem agora,já está bem tarde...
mas vim agradecer sua dica da bainha, uma coisa que nem tinha pensado, aproveitei e coloquei parte do teu comentario na postagem, com teu nome e do teu blog, logo abaixo incorporada...

bjinhos

Maria Lúcia - Asas da Imaginação disse...

Oi Daniele! Parabéns pelo lindo blog! Cheguei aqui através do blog "Jeito de Casa" da Ana Maria.
Um abraço.

disse...

Te achei pelo blog Jeito de casa que eu acompanho e admiro muito. Adoro esse texto e o tenho entre meus preferidos, quando meus netos crescerem (por enquanto só tenho um Mateus de 3 anos, mas viram mais)quero conversar assim com eles.
Estava lendo o texto da reforma do banheiro e vi que você tem problemas de ferregem de água nas paredes e piso, assim como eu aqui em casa. Para tirar essas manchas tão chatinhas, eu uso um produto muito antigo que se chama SEMORIN tira manchas. Esse produto é para tirar manchas de roupa, mas confesso que para isso nunca usei, uso para tirar mancha de ferrugem de água mesmo. Mas se por acaso você se interessar use luvas e se for alérgica nem pensar, ele é muito forte, muito forte mesmo.
É só colocar as luvas e pingar na esponjinha e ir passando onde está a mancha, parece milagre a danadinha some. Depois é só enchaguar bem, mas bem mesmo e guardar em local bem escondido de crianças, pelo amor de Deus não use se você for alergica. Deixa a mancha lá que é melhor.
Perdão por dar essa referência, é que eu não aguento ver essas manchinhas, mania de limpeza já loucuras. E também cuidado, esse produto se usado muitas vezes no mesmo local tende a tirar o brilho principalmente na pia e sanitários.
Desculpe mais uma vez e parabéns pelo exelente blog, aprenderei muito com você.
Ufa! acho que fiz um postcomentário!
Beijos e beijos!
voltarei sempre se você permitir!
Vovó Rô!

Thereza disse...

Oi, Daniele!
Não me pergunte,nem sei como cheguei aqui.
Mas ainda bem que dei o click certeiro.
Adorei o blog, ainda mais com dicas do Rio.
Bjks,
Thereza